Agência americana divulga desvantagem de brasileiros na compra de terras

Os brasileiros estão em desvantagem diante dos estrangeiros nos negócios fundiários. Quem diz isso é a AgBrasil, uma das agências americanas que tentam atrair mais investidores para o oeste baiano, nos municípios de Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, entre outros.Num folheto que distribuiu entre potenciais investidores, a agência dizia que, na região, com solos produtivos e baratos, existe mais terra do que dinheiro para comprá-la. E explicava que os potenciais compradores brasileiros não dispõem de subsídios, lidam com créditos limitados e ainda enfrentam juros altíssimos.Outra vantagem dos estrangeiros: eles estão enviando para a região profissionais com bom nível de conhecimento de técnicas agrícolas e comércio mundial - a maioria deles filhos de produtores tradicionais, que já passaram por cursos universitários em seus países. R.A.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.