Afif se diz honrado com cargo e agradece Alckmin

O vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif Domingos (PSD), convidado nesta segunda-feira para assumir a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, divulgou nesta segunda-feira nota à imprensa na qual se diz honrado com o convite da presidenta Dilma Rousseff para assumir o cargo "inédito na história do País". "Recebo com entusiasmo essa missão, pela importância que tem o segmento na geração de emprego e distribuição de renda", afirmou.

CARLA ARAÚJO, Agência Estado

06 de maio de 2013 | 21h09

Sem explicitar se manterá o cargo de vice-governador, Afif agradeceu ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) "pela compreensão com minha nova incumbência e pela missão que muito me honrou, que foi presidir o Conselho Gestor das Parcerias Público-Privadas". Segundo fontes próximas ao governo, o novo ministro deve permanecer como vice do tucano, pois não haveria ''impedimento legal expresso sobre o tema". Segundo as mesmas fontes, no entanto, Afif deve deixar a presidência do Conselho Gestor do de PPP.

Desde o início do ano, há informações de que o vice-governador estaria fazendo consultas a juristas sobre o assunto. De acordo com as fontes, as opiniões são divididas. Porém, os que se manifestam contra o acúmulo dos dois cargos, alegam que o impedimento seria uma ''questão moral e não legal".

Afif disse ainda que como ministro pretende fazer "um grande trabalho de cooperação" entre o Governo de São Paulo e o Governo Federal, pois em São Paulo está o maior contingente das micro e pequenas empresas do País.

Convite

Segundo nota do governo federal que formalizou o convite a Afif, a Secretaria - que tem status de ministério - formulará políticas de apoio às micro e pequenas empresas, "segmento fundamental para a geração de empregos e o desenvolvimento da economia brasileira". "Afif Domingos tem tido papel relevante em todos os processos que nos últimos anos resultaram no estímulo e na valorização das micro e pequenas empresas no País", diz a nota do Planalto, acrescentando que a presidente Dilma (que se reuniu hoje com Afif, em São Paulo) "manifestou sua confiança no desempenho do novo ministro à frente da Pasta". O posse está marcada para a próxima quinta-feira, 9, às 10 horas.

Hoje pela manhã, no discurso de posse de Rogério Amato na presidência da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Dilma exaltou a atuação política de Afif, que foi duas vezes presidente da Associação Comercial de São Paulo, presidiu o conselho do Sebrae e foi deputado federal constituinte. "Gostaria de homenagear um de vocês, um brasileiro que colocou na pauta do País as micro e pequenas empresas, fazendo com que essa questão seja imprescindível para o País, que é o Guilherme Afif Domingos", disse a presidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.