Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Afif defende mudança rápida da direção do DEM

O vice-governador eleito por São Paulo, Guilherme Afif Domingos (DEM), engrossou o coro hoje dos dirigentes insatisfeitos com a atual direção de seu partido. "A atual direção não reflete o quadro da atualidade", disse ele, numa crítica indireta ao atual presidente nacional do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ). "Acho que esse quadro deve ser avaliado a partir daqueles que são os vencedores", emendou.

GUSTAVO URIBE, Agência Estado

30 de novembro de 2010 | 13h44

Afif defendeu também uma mudança rápida da direção do partido, o que vem sendo defendido por outros nomes do DEM, como o presidente de honra da legenda, Jorge Bornhausen e o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. "Eu acho que quanto mais rápido essa nova realidade for colocada, será melhor para a estabilidade do partido".

O vice-governador eleito e a bancada do DEM na Assembleia Legislativa de São Paulo, além do prefeito Kassab reuniram-se na manhã de hoje, na capital paulista, com o governador eleito Geraldo Alckmin (PSDB) e com o novo chefe da Casa Civil, Sidney Beraldo. O tema do encontro foi a discussão da nova configuração do governo estadual e a apresentação aos parlamentares das prioridades da nova gestão. A reunião serviu também para estreitar os laços entre as gestões estadual e municipal.

Nos bastidores, há informações de que o prefeito Gilberto Kassab estaria negociando sua eventual filiação ao PMDB. O acordo teria como objetivo o lançamento de seu nome para disputar o governo paulista em 2014. Na saída do encontro, Afif ressaltou que não importa onde o prefeito esteja em 2011, a aliança entre Estado e Prefeitura será mantida.

Já o prefeito Kassab foi reticente ao ser indagado sobre a eventual saída do DEM. Apenas comentou que sempre teve muito cuidado em abordar assuntos pessoais. E destacou que o que está sendo discutido hoje é o futuro do DEM, com o fortalecimento da sigla. Kassab evitou criticar a atuação do presidente da legenda, Rodrigo Maia, mas defendeu que as convenções municipais sejam deflagradas rapidamente. A cúpula do DEM vem se reunindo há algum tempo para discutir as mudanças nos rumos da legenda.

Tudo o que sabemos sobre:
mudançaDEMGuilherme Afif

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.