Aécio veste camisa da seleção, mas não se junta a protesto no Rio

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), passou o domingo em seu apartamento na Avenida Vieira Souto, orla do Rio, em Ipanema, mas não participou do protesto em Copacabana, a poucos quilômetros de distância. Aécio foi visto na janela do apartamento vestindo uma camisa amarela da seleção brasileira e falando ao telefone.

VINICIUS NEDER, Estadão Conteúdo

15 de março de 2015 | 15h41

Antes da concentração para o protesto na orla de Copacabana, um grupo de cerca de 150 pessoas caminhou desde a Praia do Leblon, também na zona sul, até o bairro vizinho, passando pela Vieira Souto.

Aécio chegou a conclamar a participação nos protestos País afora, mas não anunciou participação em nenhum ato.

Tudo o que sabemos sobre:
protestosDilma RousseffAécio Neves

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.