Aécio vê chance de dois candidatos do governo em 2010

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), disse hoje que o crescimento das intenções de voto em Ciro Gomes (PSB-CE), conforme a pesquisa CNI/Ibope divulgada ontem, torna "menos provável" que a base aliada ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenha um só candidato na disputa em 2010.

EDUARDO KATTAH, Agencia Estado

23 de setembro de 2009 | 14h14

"A minha avaliação neste momento é que esse é o encaminhamento que hoje me parece mais natural", afirmou Aécio, após participar de uma solenidade no Hospital da Baleia, em Belo Horizonte. "Houve sempre por parte do governo a busca da polarização nessa eleição. Agora eu acho que se torna cada vez menos provável que haja apenas uma candidatura no campo do governo."

Pré-candidato tucano à Presidência, Aécio aparece na pesquisa mais uma vez em posição desconfortável em relação à disputa interna com o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), que continua liderando todos os cenários em que seu nome é colocado. Aécio cobrou que as pesquisas levem em consideração o nível de conhecimento dos candidatos. "Lamento que esse aspecto fundamental, do nível do conhecimento dos candidatos, não venha acompanhando estas pesquisas."

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2010AécioLulaCiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.