Aécio tenta destrancar a pauta

O presidente da Câmara, deputado Aécio Neves (PSDB-MG), afirmou que está buscando caminhos regimentais para destrancar a pauta do plenário. Segundo ele, a intenção é a de votar, no máximo até a próxima terça-feira, a medida provisória que aumentou o valor do salário mínimo para R$ 200,00. O presidente da Câmara declarou-se, também, favorável à proposta que suprime a exigência de noventena (prazo de 90 dias) para entrar em vigor, depois que for aprovada, a proposta de emenda constitucional que prorroga a vigência da CPMF.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.