Aécio retorna ao Senado com desafio de assumir liderança

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) chegou nesta terça-feira por volta das 15h15 ao Congresso Nacional sob gritos "Aécio", "Presidente", "Fora PT" e versos do "Hino Nacional" proferidos por cerca de 600 pessoas, entre militantes, assessores e parlamentares, segundo estimativa de seguranças do Legislativo.

DÉBORA BERGAMASCO, ISADORA PERON, RICARDO BRITO, Estadão Conteúdo

04 de novembro de 2014 | 16h08

Candidato derrotado no segundo turno pela presidente Dilma Rousseff (PT), Aécio aparece pela primeira vez em Brasília para "assumir" o seu "papel de líder da oposição". Em rápida entrevista no aeroporto de Brasília, o senador declarou: "Vamos cobrar tudo o que o governo prometeu e não está cumprindo. Não me sinto derrotado, me sinto um vitorioso, porque defendemos o que está vivo no coração dos brasileiros".

Tudo o que sabemos sobre:
AéciooposiçãoPSDBSenado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.