Aécio recebe reivindicações de aliados

O líder do PSDB, deputado Aécio Neves (MG), candidato tucano à presidência da Câmara, passou o dia tentando contornar problemas em sua própria base. Em troca dos cargos que o PMDB está cedendo para a formação da chapa que apóia Aécio, o líder Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) está reivindicando o apoio do PSDB à indicação do deputado Renato Vianna (PMDB-SC) à vaga de ministro do Tribunal de Contas da União, que surgirá com a aposentadoria do também catarinense Adhemar Ghisi. O nome do futuro ministro precisa ser aprovado pelo plenário da Câmara em votação secreta, e o deputado Ubiratan Aguiar (PSDB-CE), atual primeiro secretário da Câmara, é o mais forte concorrente ao cargo. O PFL, por sua vez, já está assediando Aguiar para comandar uma dissidência tucana em favor da candidatura de Inocêncio Oliveira (PFL-PE) em troca do apoio do partido, que se comprometeria a convencer o deputado Átila Lins (PFL-AM) a desistir da disputa pelo TCU.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.