Aécio quer debate sobre investimentos sociais em MG

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), afirmou hoje que está "absolutamente aberto" para debater sobre área social com a oposição durante a campanha para a sua sucessão. Depois de passar 11 dias no exterior, Aécio chegou ao País pela manhã e já à tarde, acompanhado do vice e pré-candidato tucano, Antônio Anastasia, participou da inauguração do bloco cirúrgico do Hospital Cristiano Machado, em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte.

EDUARDO KATTAH, Agencia Estado

22 de fevereiro de 2010 | 19h33

"Se eu pudesse escolher um campo para o debate eu escolho o social. Que venham para esse debate, que venham conhecer, até porque há um desconhecimento grande por parte da oposição em Minas Gerais ao que aconteceu nesse governo", disse, em referência à principal crítica de setores do PT ao seu governo. "Que venham conhecer os indicadores sociais, os indicadores na área de segurança pública, de infraestrutura. Nós estamos absolutamente abertos para o debate".

O governador voltou a defender a eleição de Anastasia como fundamental para a continuidade de sua gestão. "Seria para Minas uma perda muito grande, mais do que para o PSDB ou para o Aécio pessoalmente, se o nosso projeto de gestão, se a nossa ação de governo tivesse descontinuidade".

Para Aécio, o crescimento das intenções de voto no vice nas últimas pesquisas tem surpreendido. Segundo ele, os números de Anastasia - que apresenta crescimento, mas aparece ainda atrás dos pré-candidatos do PMDB (o ministro das Comunicações, Hélio Costa) e do PT (o ex-prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel, e o ministro do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias) - já podem ser considerados "extraordinários". "Temos pesquisas internas que nos estimulam mais ainda", ressaltou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.