Aécio: PSDB vai à Justiça sobre eventual farsa de CPI

Candidato do PSDB afirmou que o partido irá anunciar as medidas judiciais aplicáveis em caso de comprovação da denúncia

Wladimir Dandrade e José Roberto Gomes, O Estado de S. Paulo

04 de agosto de 2014 | 10h57

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, afirmou nesta, segunda-feira, 04, que o partido irá anunciar nesta tarde as medidas judiciais aplicáveis em caso de comprovação da denúncia da revista Veja sobre possível fraude nos depoimentos da CPI da Petrobras. De acordo com ele, as denúncias "envolvem funcionários da Presidência e por isso são muito graves".

A edição desta semana da revista afirma que uma gravação comprova que as perguntas da CPI da Petrobras foram adiantadas aos convocados para depor, o que permitiu a eles elaborar as respostas. "Precisamos saber até onde isso foi, caso a matéria seja comprovada."

Aécio participou nesta segunda-feira de evento da Associação Brasileira de Agronegócio em São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
PetrobrasCPIaécio nevesPSDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.