Aécio passa o dia em campanha

Faltando menos de 48 horas para a eleição que vai definir o futuro presidente da Câmara, o líder e candidato do PSDB, deputado Aécio Neves (MG), passou a tarde de hoje visitando gabinetes e pedindo votos para os deputados. O tucano está confiante na sua eleição e, pelas contas do comando de sua campanha, deverá chegar a presidência da Câmara com cerca de 280 votos. Entre amanhã e quarta-feira, dia da eleição, Aécio Neves vai tentar buscar apoios em todos os partidos.O comando da campanha do tucano está contabilizando votos em todas as legendas, inclusive no PFL, que tem como candidato o líder Inocêncio Oliveira (PE). O tucano é o candidato oficial à presidência da Câmara e o PFL, como segundo maior partido da Casa, tem direito à primeira vice-presidência e à quarta secretaria. Os deputados pefelistas Ney Lopes (RN), Efraim Morais (PB), Jaime Martins (MG) e Robson Tuma (SP) estariam dispostos a integrar a chapa do tucano.Os tucanos estão convictos ainda de que não haverá segundo turno de eleição. A previsão mais otimista é de que Aécio conquiste 326 votos se, entre hoje e amanhã, os candidatos Valdemar Costa Neto (PL-SP) e Nelson Marquezelli (PTB-SP) desistirem da disputa. Os tucanos também acreditam que, caso não ocorra o segundo turno, a imagem do PT acabará ficando maculada. Os petistas não apoiaram Aécio Neves, apesar de ele ser o candidato oficial. Na semana passada, o PT resolveu lançar o deputado Aloizio Mercadante (PT-SP) na disputa pela presidência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.