Aécio Neves recebe apoio de Alckmin

O governador em exercício, Geraldo Alckmin (PSDB),se encontrou no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, com o líder do PSDB na Câmara, o deputado mineiro Aécio Neves. Candidato àpresidência da Casa (a votação será no próximo dia 14), Neves aproveitou a visita para reiterar o pedido de apoio na eleição e também desejar boa sorte ao governador Mário Covas (PSDB) na recuperação de sua saúde. Alckmin saiu da reunião dizendo que Neves tem o apoio "integral" dele, de Covas e da bancada paulista na Câmara. "Transmito a ele (Neves) apoio integral à candidatura", disse o governador em exercício. "Temos convicção que o deputado é hoje o melhor nome para liderar a Câmara", continuou Alckmin, que ficou de transmitir a mensagem de apoio de Neves para o governador licenciado Mário Covas. Neves concorre com o deputado federal Inocêncio Oliveira (PFL/PE). Aécio Neves deixou o palácio por volta das 16h20 e seguiu em direção aoPalácio da Indústrias, na região central de São Paulo, onde se encontrariacom a prefeita Marta Suplicy (PT). Ele pediria à prefeita o apoio aoseu nome na disputa. "Acredito que o PT tem tudo para apoiar a candidatura",disse Alckmin.Reforma tributáriaAlkmin afirmou, por outro lado, que se a reforma tributária não for aprovada o Brasil será prejudicado. "O prejuízo não é só de São Paulo, é do País, pois aumenta o risco Brasil", disse, após cerimônia de assinatura de um convênio entre a Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae) e a Petrobrás para a construção da Termoelétrica de Piratininga, na zona sul da capital paulista. De acordo com o governador em exercício, a reforma tributária é "essencial para simplificar o modelo tributário, possibilitar o maior crescimento da economia e evitar a guerra fiscal". Segundo Alckmin, não é fácil "compatibilizar os interesses" dos três níveis de governo (federal, estadual e municipal) e isso estaria atrapalhando a aprovação da reforma.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.