Aécio Neves fracassa no cumprimento de metas

O presidente da Câmara, Aécio Neves, está fracassando na tentativa de cumprir uma de suas principais promessas de campanha: aprovar a proposta de emenda constitucional (PEC) que restringe a edição de medidas provisórias. Aécio garantiu que vai colocar a PEC em votação nesta quarta-feira, mas a falta de acordo entre governo e oposição deverá novamente suspender o debate. "Se Aécio insistir na votação da PEC, ela será rejeitda", afirmou o líder do governo na Câmara, Arnaldo Madeira (PSDB-SP), sustentando a posição do Palácio do Planalto que não aceita as condições impostas pela oposição para o acordo. Os partidos oposicionistas não abrem mão do artigo 246 da Constituição - que o governo quer tirar - o qual proíbe a regulamentação, por meio de Medida Provisória, de dipositivos constitucionais alterados a partir de 1995.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.