Aécio Neves: FHC não vai propor parlamentarismo

O presidente da Câmara, Aécio Neves, informou esta manhã que a proposta de instituir o sistema parlamentarista de governo em 2006 não consta do documento que o presidente Fernando Henrique Cardoso está encaminhando aos partidos políticos e que deve ser divulgado amanhã à noite. "Embora seja uma questão programática do PSDB, Fernando Henrique optou por excluí-la, uma vez que o documento deve traduzir a unidade da base aliada e não discórdia", afirmou Aécio Neves.Entre os partidos da base aliada, o PFL, por exemplo, não tem posição favorável ao parlamentarismo. O vice-presidente Marco Maciel, do PFL, é presidencialista declarado. "Não devemos impor isso aos outros partidos", acrescentou Neves. O PSDB, segundo Aécio, entende que a discussão do parlamentarismo virá no momento apropriado. Esse foi um dos assuntos discutidos ontem à noite com o presidente Fernando Henrique, em jantar no Palácio da Alvorada, que contou com a presença de governadores, ministros e o presidente do PSDB, senador Teotônio Vilela.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.