Aécio Neves é eleito presidente do PSDB

O senador Aécio Neves (MG) foi eleito neste sábado, em convenção em Brasília, presidente nacional do PSDB. Aécio fez um discurso de candidato e atacou as fragilidades do governo, como a falta de infraestrutura, a volta da inflação e o "crescimento pífio". "O Brasil simplesmente parou", disse.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

18 de maio de 2013 | 17h00

Aclamado pela militância como "futuro presidente da República", Aécio disse buscar inspiração nos legados de seu avô Tancredo Neves e de tucanos como Mário Covas, Franco Montoro e Fernando Henrique Cardoso no momento em que se completa 20 anos da "maior transformação da história recente do País": o Plano Real. O tucano enfatizou que o momento era apropriado para o reencontro com a história do partido, de lembrar os êxitos e de reconhecer os equívocos.

"Erramos por não ter defendido, juntos, todo o partido, com vigor e a convicção devidos, a grande obra realizada pelo PSDB, que representa a base do Brasil moderno", disse. Aécio afirmou que se houvessem defendido o legado de FHC, não haveria "apropriação" da obra que antes era combatida pelo PT.

Tudo o que sabemos sobre:
PSDBconvençãoAécio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.