Aécio inicia votação nominal

O presidente da Câmara, Aécio Neves, está colhendo nominalmente os votos de cada parlamentar ao projeto que flexibiliza a legislação trabalhista. O líder do governo na Câmara, deputado Arnaldo Madeira (PSDB-SP), disse que a orientação aos parlamentares da base de apoio ao governo é obstruir a votação.Segundo ele, muitos deputados que votaram na primeira votação feita pelo painel eletrônico já não esse encontram mais na casa. Além do mais, segundo ele, a votação nominal deveria durar cerca de três horas. O líder destá perplexo com a pane no painel leetrônico que impediu a totalização dos votos e a divulgação do resultado. "É a primeiravez que acontece isso com o painel desde que estou na Câmara", disse. Diante da retirada dos deputados governistas, caberá à oposição garantir o quórum mínimo 257 parlamentares e o apoio da maioria para tentar rejeitar o projeto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.