Aécio improvisa condecoração para Ciro no Dia de Minas

O ex-ministro Ciro Gomes (PSB) não estava na relação dos condecorados com a Medalha Dia de Minas, hoje, em Mariana. Mas o governo estadual, de improviso, mudou o roteiro oficial para encaixar a participação do cearense. Ciro Gomes recebeu medalha e fez discurso, tudo para deixar bem claro que ele e o governador de Minas, Aécio Neves (PSDB), voltaram a ficar próximos.

IVANA MOREIRA, Agencia Estado

16 de julho de 2009 | 18h52

Ciro, que almoçou com Aécio em Belo Horizonte, resolveu acompanhá-lo a Mariana para a comemoração dos 313 anos da cidade histórica que já foi capital do Estado. Em seu discurso, o ex-ministro definiu o amigo mineiro como um "jovem projeto de estadista", alguém que combina uma dose rara de "audácia e prudência." Aécio Neves, que preside pela sétima e última vez a solenidade do Dia de Minas, devolveu os afagos. Disse que as conversas com Ciro são "pedagógicas" e ele é um ator fundamental nos arranjos políticos para 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.