Aécio: governo 'ziguezagueia' com a reforma tributária

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), reclamou hoje que o governo federal "ziguezagueia" em relação à reforma tributária. Ao comentar a decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de descumprir sua recente promessa e adiar novamente o envio da proposta ao Congresso, Aécio observou que em ano eleitoral, como 2008, a reforma terá poucas chances de ser aprovada.Segundo ele, "o primeiro ano de governo é o ano de encaminhamento das reformas". "Num ano eleitoral como será o ano que vem, (com) eleições municipais, uma reforma tributária que mexe com a questão dos tributos disponíveis e municipais, eu acho que, na verdade, é mais um gesto formal do que uma intenção concreta de se aprovar uma reforma tributária", disse.Em entrevista após participar de evento em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, o governador também falou de prévias para a escolha de candidatos majoritários do PSDB e da sucessão municipal na capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.