Aécio faz visita a Eduardo Campos no Recife

De olho na eleição presidencial do próximo ano, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) fez um aceno para o governador Eduardo Campos (PSB-PE) nesta quinta-feira, 29, ao afirmar que gostaria de construir "um novo ciclo para o Brasil" com o socialista. Tanto o parlamentar como o governador são cotados para disputar o Planalto em 2014. A afirmação de Aécio ocorreu em entrevista à imprensa no momento em que o tucano chegou à casa de Campos, no Recife, para uma conversa, segundo ele, sobre "um Brasil mais solidário, mais justo e que cresça em uma velocidade maior".

GABRIELA LÓPEZ, ESPECIAL PARA A AE, Agência Estado

29 de agosto de 2013 | 22h09

"Eu nunca escondi que gostaria muito de, um dia, estar construindo uma nova agenda, um novo ciclo para o Brasil - de eficiência na gestão pública, de ética, de transparência e de resultados - ao lado do governador Eduardo Campos. Ele hoje está em um campo político diferente do meu, isso tem que ser respeitado, mas não escondo que, se isso for possível, eu acho que quem ganha é o Brasil", declarou Aécio. O tucano negou, porém, que tenha fechado concretamente um pacto de boa convivência com Campos, como foi divulgado. Apenas afirmou que existe um respeito recíproco entre os dois. O senador também citou que "não vê dificuldade" de PSDB e PSB estarem no mesmo palanque no próximo ano, destacando que os partidos já têm "convivência" em Estados como Minas Gerais e São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
AécioCamposRecife

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.