Robson Fernandjes/Estadão
Robson Fernandjes/Estadão

Aécio evita comentários sobre Marina

Em campanha no Rio Grande do Norte, o candidato à Presidência pelo PSDB Aécio Neves disse nesta quinta-feira que o Nordeste é a prioridade não só de sua campanha, mas também de um governo em que ele estará à frente. "É preciso tratar os desiguais como desiguais", frisou, ao comentar a necessidade de incentivos para a região.

ANNA RUTH DANTAS, ESPECIAL PARA ESTADÃO CONTEÚDO, Estadão Conteúdo

21 de agosto de 2014 | 18h29

Em entrevista coletiva em Ponta Negra, Natal, ele lembrou que esteve na cidade há nove dias e interrompeu a agenda por conta do falecimento do ex-governador Eduardo Campos, então candidato do PSB à Presidência. Perguntado sobre a entrada de Marina Silva, agora cabeça de chapa do partido de Campos, na corrida ao Palácio do Planalto, ele voltou a dizer que sua disputa será com a presidente Dilma Rousseff. "O meu adversário nesta eleição é o governo que aí está." Ele continua em campanha na capital do Rio Grande do Norte e deve seguir ainda hoje para Paraíba.

Mais conteúdo sobre:
eleiçõesAécioMarina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.