Aécio evita comentar disputa entre Serra e Alckmin

O governador de Minas, Aécio Neves (PSDB) evitou, nesta segunda-feira, comentar a disputa envolvendo o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito da capital paulista, José Serra à indicação do partido para disputar a Presidência da República.Em Belo Horizonte, o único assunto foi o show de Roberto Carlos e o tenor italiano, Luciano Pavarotti, marcado para o próximo sábado em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte. Após a apresentação dos patrocinadores do evento, Aécio deixou o auditório do Palácio dos Despachos sem falar com os jornalistas.Alguns assessores negam, porém, que diante da indefinição de Serra, Aécio já teria hipotecado apoio a Alckmin. Nos últimos dias, o governador paulista sinalizou que apoiaria o fim da reeleição, tema que interessa especialmente ao governador mineiro. De acordo com as informações, Aécio deve embarcar ainda nesta segunda-feira para São Paulo e permanecer na capital paulista até terça-feira, quando está prevista a definição em relação à escolha do candidato tucano ao Palácio do Planalto.Aécio já conversou com os demais governadores tucanos e acertou que, caso Serra permaneça firme na disposição em disputar a indicação do partido, a decisão final se dará em uma consulta ao diretório nacional do PSDB. Dessa forma, a expectativa é que a definição ocorra em uma semana.

Agencia Estado,

13 de março de 2006 | 17h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.