Aécio: erro é consequência de 'aparelhamento' do Ipea

O presidente nacional do PSDB e provável candidato da sigla ao Palácio do Planalto, Aécio Neves, atribuiu ao "aparelhamento das instituições públicas do País" o erro cometido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em pesquisa recente. "A constatação dos graves erros cometidos por recente pesquisa do Ipea nos revela mais uma face das consequências do aparelhamento das instituições públicas do País", escreveu o tucano.

JOSÉ ROBERTO CASTRO, Agência Estado

04 de abril de 2014 | 20h08

Em sua conta no Facebook, Aécio colocou ainda em dúvida outras pesquisas feitas pela instituição. "Como confiar agora nos outros dados que vêm sendo divulgados pelo instituto, que já foi referência tão importante na vida nacional?", questionou o presidenciável.

Mais cedo, o Ipea divulgou nota admitindo que houve um erro na pesquisa divulgada no dia 27 de março que trazia a informação de que 65% dos brasileiros concordavam que mulheres com roupas curtas merecem ser estupradas. Na verdade, 26% dos entrevistados concordaram com essa afirmação e 70% discordaram total ou parcialmente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.