Aécio encerra votação da CLT por falta de quórum

O presidente da Câmara, Aécio Neves anunciou que a votação foi encerrada porque não foram computados os 257 votos necessários para a aprovação ou rejeição do projeto de lei que altera a CLT. Apenas 200 deputados votaram, com 197 votos contrários, 2 abstenções e 1 voto a favor. Aécio anunciou que o projeto voltará apauta numa próxima sessão sem estabelecer uma nova data.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.