Aécio diz ter 'convicção' de parceria com PT em BH

Governador de Minas diz que o apoio 'formal' será decidido pelos partidos; PT já se manifestou contra

EDUARDO KATTAH, Agencia Estado

05 de junho de 2008 | 14h46

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), disse nesta quinta-feira, 5, que tem "convicção" de que ele e o prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), estarão juntos na aliança em torno da candidatura de Márcio Lacerda (PSB) na sucessão municipal. Depois de praticamente descartar a possibilidade de apoio informal à coligação, Aécio deu declarações dúbias, afirmando que a questão da participação formal será decidida pelos partidos "no momento certo".  A Executiva Nacional do PT já se manifestou contra a aliança.   Veja também: Calendário eleitoral 2008  Aécio critica 'visão míope' e diz que PT dificulta aliança em BH  PT mantém veto à aliança com PSDB em BH, mas deixa brecha "Se eles estarão apoiando formalmente ou informalmente, não importa. O que eu tenho é convicção de que o prefeito Fernando Pimentel, eu e lideranças expressivas de Belo Horizonte, vereadores, lideranças comunitárias, lideranças de bairros, estaremos em torno desse projeto. O desenho dessa aliança na sua formalidade ou informalidade vai ser dado pelos partidos políticos." O presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra, também defendeu uma aliança formal com o PT em Belo Horizonte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.