Aécio diz que não escolheu cargo para 2002

O presidente da Câmara, Aécio Neves (PSDB-MG), esclareceu, por intermédio de sua assessoria, que pretende ser candidato em 2002, mas ainda não há decisão sobre o cargo que disputará. "Quem decide é o partido", afirmou Aécio, de acordo com sua assessoria. Ele negou que pretenda se candidatar à Presidência da República. O deputado disse também que concorda com a tese do ministro das Comunicações, Pimenta da Veiga, de que cabe ao partido decidir sobre candidaturas a cargo majoritário. Ponderou porém, conforme sua assessoria, que é cedo para que haja uma decisão sobre o assunto. Lembrou, contudo, que Minas Gerais, na sua opinião, tem dois grandes nomes para disputar o cargo de governador: o do ministro Pimenta da Veiga e o do ex-governador Eduardo Azeredo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.