Aécio diz que confia em apoio do PT

O deputado federal Aécio Neves (PMDB-MG), candidato à presidência da Câmara dos Deputados, deixou o Palácio das Indústrias, no início da noite desta terça-feira, após ter visitado a prefeita Marta Suplicy (PT), confiante no apoio da bancada petista para assegurar sua vitória.Apesar de garantir que não veio buscar o apoio de Marta, o deputado tucano prometeu, caso vença o pleito, ser o agente condutor dos interesses comuns de todos os parlamentares, inclusive os da oposição."Minha oferta se estende também a todas as prefeituras do PT, pois como presidente da Câmara deixo de ser líder do meu próprio partido para ser o agente condutor do parlamento."Neves esteve reunido com Marta durante cerca de 20 minutos. A visita, segundo ela, foi feita "a uma ex-colega da Câmara de Deputados".Ao comentar o apoio que espera receber do PT, Neves disse que tem conversado muito com os parlamentares petistas e que acima de qualquer embate ou disputa eleitoral existem propostas para o futuro. "O PT é um parceiro que quero não apenas para vencer as eleições, mas também para administrar a Câmara."O deputado mineiro fez, durante toda esta terça-feira, um verdadeiro périplo pela capital paulista em busca de apoio para assegurar sua vitória em Brasília. No final do dia, o candidato afirmava que se o apoio do PT for realmente confirmado, deverá ter, pelo menos, 50 dos 70 votos da bancada federal paulista.No almoço que teve com parlamentares de várias bancadas e autoridades municipais e estaduais, Neves afirmou que sua vantagem em relação ao maior adversário nessa disputa, o deputado pefelista Inocêncio Oliveira (PE), está hoje em torno de 150 votos. No almoço, o deputado disse também que uma das saídas encontradas para impedir qualquer tentativa de cooptação de parlamentares foi a formação de um grande bloco parlamentar do PSDB com PMDB e PTB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.