Aécio diz não ter informação sobre queda no site do TCE

Aécio diz não ter informação sobre queda no site do TCE

Episódio aconteceu após a candidata à reeleição, Dilma Rousseff, dizer em debate que Aécio não cumpriu verbas; Ela também pediu para eleitor consultar o site e conferir dados

ANA FERNANDES, O Estado de S. Paulo

16 de outubro de 2014 | 16h25

O presidenciável Aécio Neves (PSDB) disse não ter conhecimento sobre os motivos da falha que deixou o site do Tribunal de Contas de Minas Gerais fora do ar na noite de terça-feira (14). "Perguntem ao TCE. Eu não tenho a menor informação sobre isso", disse durante coletiva. Da noite de terça até o início da tarde de quarta-feira, o site do TCE ficou fora do ar. Foram retirados do site também relatórios relativos às contas de 2007 a 2012, período em que o Estado foi governado por Aécio e por seu sucessor, Antonio Anastasia (PSDB).

O episódio aconteceu simultaneamente ao primeiro debate do segundo turno, entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio, na Bandeirantes. No debate, Dilma acusou Aécio de não cumprir o orçamento mínimo para saúde e educação. A petista chegou a dizer que o governo do tucano desviou R$ 7,6 bilhões que deveriam ter sido investidos em saúde em Minas. "A afirmação da presidente Dilma de que não investimos os R$ 7 bilhões na saúde é mentirosa. Nós cumprimos a lei em tudo", rebateu hoje Aécio. "Meu governo em Minas Gerais foi honrado do começo ao fim", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.