Divulgação
Divulgação

Aécio deve se licenciar do Senado no dia 5 de agosto

O candidato à Presidência da República começa a preparar um discurso de despedida do Legislativo e convida correligionários a participar do evento

DÉBORA BERGAMASCO, Agência Estado

17 de julho de 2014 | 18h17

O candidato à Presidência da República, Aécio Neves, senador pelo PSDB de Minas Gerais, deve se licenciar do Senado no próximo dia 5 de agosto, para se dedicar integralmente à sua campanha eleitoral. Ele começa a preparar um discurso de despedida do Legislativo e convida correligionários a participar do evento.

Por mais que o Congresso Nacional tenha anunciado a adoção de um "recesso branco", em que os parlamentares ficam "liberados" para se engajarem nas disputas eleitorais em seus Estados, a estratégia de Aécio é de se afastar do posto para não despertar críticas por uma eventual ausência a sessões de esforço concentrado, por exemplo.

A licença também representa um gesto político para agradar seu principal partido aliado, pois o senador tucano será substituído pelo suplente Elmiro Alves do Nascimento, do DEM.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesAécio NevesSenado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.