Aécio deu aval para pedido de auditoria nas eleições

Aécio deu aval para pedido de auditoria nas eleições

Coordenador jurídico do PSDB, deputado Carlos Sampaio afirma que candidato derrotado foi informado sobre iniciativa; apesar de criticar sistema, parlamentar diz que presidente do TSE 'deu show'

Pedro Venceslau , O Estado de S. Paulo

31 de outubro de 2014 | 12h31

São Paulo - O deputado federal Carlos Sampaio (SP), coordenador jurídico do PSDB, disse nesta sexta-feira, 31, ao Estado que o senador Aécio Neves, candidato derrotado à Presidência e presidente da sigla, deu aval para o pedido de auditoria do resultado das eleições protocolado nessa quinta-feira pelos tucanos.

"Falei com Aécio pelo telefone. Disse a ele que fizemos uma discussão no grupo jurídico porque vimos que se instalou um clima de insegurança em relação ao sistema de votação. Ele disse que não se opunha e deu aval (para o pedido de auditoria)", afirmou.

Em petição ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o partido pediu abertura de um processo para verificar o sistema de votação e de totalização dos votos com a criação de uma comissão de especialistas indicados pelos partidos políticos. Apesar da iniciativa, o coordenador jurídico do PSDB exalta do papel do presidente do TSE, Dias Toffoli, e não credita a derrota de Aécio a problemas que tenha ocorrido no sistema.

"Há um ambiente de desconfiança em relação ao sistema, mas o Toffoli foi isento, imparcial, correto. Deu um show como presidente do TSE", disse. Segundo Sampaio, a iniciativa do PSDB foi "uma ação em defesa da própria Corte". "Não acho que em hipótese alguma que o Aécio perdeu por causa de falhas no sistema, que é bom."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.