Aécio concorda em aguardar posição do PFL

O presidente da Câmara, deputado Aécio Neves (PSDB-MG), disse nesta segunda-feira, ao chegar ao Congresso, que concorda com a decisão do líder do governo na casa, deputado Arnaldo Madeira (PSDB-SP), de aguardar o posicionamento do PFL em relação à Medida Provisória do setor elétrico para colocar a matéria em votação. Aécio ressalvou, no entanto, que não pretende desperdiçar a semana. Dentro desse espírito, se a MP do setor elétrico for aprovada amanhã, ele pretende colocar em discussão, já na quinta-feira, as demais MPs que estão trancando a pauta em votação do plenário. "Não quero encerrar esta semana apenas com a MP 14 votada", disse Aécio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.