Aécio comemora regulamentação das prévias no PSDB

Governador de Minas, no entanto, evita capitalizar como vitória na disputa interna com paulista José Serra

EDUARDO KATTAH, Agencia Estado

02 de julho de 2009 | 18h38

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, evitou nesta quinta-feira, 2, capitalizar a regulamentação das prévias no PSDB, aprovadas pela Executiva Nacional do partido, como uma vitória na disputa interna com o colega paulista José Serra. Embora tenha partido de Aécio a demanda pela regulamentação da consulta, o mineiro disse que não há vencidos e nem vencedores no processo.

"Não foi uma disputa. Então, não há vencidos, não há vencedores. Vence o PSDB, até porque o próprio governador José Serra já se manifestara anteriormente também favoravelmente, em havendo necessidade, a uma consulta às bases do partido", afirmou, após encontro com o presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE) e com o secretário-geral do partido, deputado federal Rodrigo de Castro (MG), no Palácio das Mangabeiras.

Aécio agradeceu a "gentileza" da visita dos dois. Castro - aliado do mineiro - ficou responsável pela apresentação do modelo, que prevê que na eventual consulta interna seja respeitada a proporcionalidade relativa ao peso do colégio eleitoral de cada Estado. "Foi um modelo discutido amplamente pelo partido, não foi uma construção nossa apenas", argumentou o governador de Minas, garantindo que estará de acordo com qualquer definição em relação ao universo dos aptos a votar: se todos os filiados ou apenas os detentores de mandatos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.