Aécio cancela viagem a reduto eleitoral de Serra em SP

Para evitar o aumento da tensão no PSDB, o presidente nacional da legenda, senador Aécio Neves (MG), cancelou a viagem que faria às cidades de Santos e Piracicaba prevista para esta sexta-feira, 6. As cidades ficam no reduto eleitoral do ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB), que nos bastidores se movimenta para lançar sua candidatura à Presidência em 2014. Uma nova data deve ser remarcada apenas para depois do dia 5 outubro, quando se encerra o prazo de mudanças partidárias dos candidatos que pretendem disputar a próxima eleição de 2014.

ERICH DECAT, Agência Estado

06 de setembro de 2013 | 19h17

Atualmente, sem muito espaço dentro do PSDB para se candidatar à Presidência da República, Serra conversa com outras legendas. Em paralelo, defende prévias para a escolha do candidato tucano que disputará a sucessão da presidente Dilma Rousseff. Alguns de seus aliados também defendem as prévias.

Segundo tucanos ouvidos pelo Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, o cancelamento da viagem de Aécio à São Paulo servirá para "ajudar a distensionar" o clima de racha que se intensificou com as recentes declarações de alguns caciques do partido.

No último sábado, 3, o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso negou que o PSDB desrespeita Serra. As declarações de FHC ocorreram em resposta ao vice-presidente do partido Alberto Goldman que, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, afirmou que o PT homenageia quadros condenados, enquanto o PSDB não valoriza o ex-governador de São Paulo.

"Ele, Aécio Neves, já esteve aqui três vezes na última semana. Ele também tem que visitar outras regiões", disse um tucano de São Paulo.

A queixa do correligionário paulista tem com base o fato de o senador mineiro já ter participado no último dia 24 de agosto da Festa do Peão de Boiadeiro, em Barretos. No dia anterior esteve em Ribeirão Preto.

Na duas ocasiões, o senador praticamente se esquivou das perguntas relacionadas à disputa com Serra pela candidatura do PSDB à Presidência da República.

Apesar de evitar eventos públicos em São Paulo, o senador Aécio Neves deve intensificar as viagens por outros Estados.

No final do mês, ele ingressa no Nordeste, principal reduto eleitoral da presidente Dilma Rousseff. No dia 20 a previsão é que vá a Salvador e no dia 21 a Maceió, onde comandará o encontro com presidente de diretórios estaduais do partido da região.

Mais conteúdo sobre:
Aécio NevesJosé Serra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.