Aécio apóia nome de Patrus Ananias para novo ministério

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu hoje o apoio formal do governador de Minas Gerais, Aécio Neves, ao nome do deputado Patrus Ananias (PT-MG) para comandar o novo ministério da área social, que deverá ser criado na reforma ministerial. A nomeação de Patrus resolve o problema da disputa da prefeitura de Belo Horizonte. O atual prefeito, Fernando Pimentel, também do PT, quer disputar a reeleição municipal sem ter de disputar a vaga no partido com Patrus Ananias. Pimentel já conta com o apoio de Aécio para sua reeleição à prefeitura de Belo Horizonte. Embora o nome de Patrus esteja forte no Palácio são também consideráveis as pressões para que Lula indique o ministro-chefe da secretaria do Desenvolvimento Econômico e Social, Tarso Genro para o novo ministério. Segundo interlocutores do presidente, Lula ainda guarda silêncio sobre sua opção. Em encontro que tiveram hoje com o presidente, no Palácio do Planalto, o governador Aécio Neves e o prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel manifestaram apoio a Patrus. "Eu disse ao presidente que, onde houver um mineiro, haverá meu apoio", disse Aécio, após o encontro. Também Pimentel disse que está na expectativa quanto à escolha de Patrus. "O presidente sabe da minha relação pessoal com Patrus, e sabe perfeitamente que o PT de Minas reivindica um ministério, especialmente para Patrus", disse ele. "Mas nós não seríamos indelicados de fazer chegar ao presidente pressões desse tipo. Entretanto, estamos na expectativa de ter aí, quem sabe, mais um ministério". O presidente Lula recebe hoje à tarde o ministro Tarso Genro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.