Marcus Desimoni / Divulgação
Marcus Desimoni / Divulgação

Aécio anuncia apoio do PSDB à reeleição de Maia

Dos sete deputados da bancada tucana de Minas, cinco participaram da reunião no apartamento do senador tucano em Belo Horizonte; presidente da Câmara diz que candidatura está 'cada vez mais madura'

Leonardo Augusto, ESPECIAL PARA O ESTADO, Igor Gadelha e Daiene Cardoso, O Estado de S.Paulo

25 de janeiro de 2017 | 00h15

Ao lado de 12 dos 53 deputados federais de Minas Gerais, o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), anunciou nesta terça-feira, 24, apoio do partido à reeleição do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O encontro foi no apartamento que o senador tem em Belo Horizonte.

“Ele (Maia) terá sim o apoio do PSDB, como vem tendo de várias outras forças políticas, não apenas da base governista, mas também setores da oposição”, afirmou Aécio.

Dos sete deputados da bancada do PSDB de Minas, cinco participaram da reunião. Havia ainda parlamentares do PP, PDT, DEM e PTdoB. 

Maia disse que sua candidatura está “cada vez mais madura” e deverá ser oficializada nos próximos dias. O deputado afirmou ainda que conta com o apoio do PSD e do PRB. 

Aliados de Maia já contabilizam mais de 290 votos a favor da reeleição do parlamentar fluminense. O número, de acordo com interlocutores, não leva em conta os votos do PT, que ainda não decidiu oficialmente que candidato apoiará na disputa.

Pela previsão desses aliados, o atual presidente da Câmara se reelegerá logo no primeiro turno, marcado para o dia 2 de fevereiro. Para ser eleito na primeira etapa, basta o candidato ter votos da maioria dos deputados presentes no dia da votação. Se todos os 513 estiverem no plenário, o vencedor deve receber pelo menos 257 votos. 

Interlocutores do parlamentar fluminense apostam que a maioria da bancada do PT, a segunda maior da Câmara, deve apoiá-lo. Dos 57 deputados petistas, aliados do presidente da Câmara contam com cerca de 30 votos. Os outros, na avaliação desses interlocutores, devem apoiar André Figueiredo (PDT-CE).

PSD. Nesta terça-feira, logo após a divulgação de uma nota em que o PSD formaliza seu apoio a reeleição de Maia, o deputado Rogério Rosso (PSD-DF) disse que ouvirá o fundador do partido, o ministro Gilberto Kassab (Comunicações), e seu aliado Jovair Arantes (PTB-GO), adversário de Maia na disputa, antes de anunciar seu futuro como candidato. “Estou decidindo ainda”, afirmou Rosso. 

O deputado marcou uma entrevista coletiva para esta quarta-feira, 25, para anunciar sua decisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.