Aécio: aliança com PT não é mais 'questão relevante'

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), afirmou hoje, após participar de uma solenidade no Palácio da Liberdade (sede do governo de MG), que não considera mais relevante a discussão sobre uma aliança com o PT para as eleições municipais de Belo Horizonte. "Essa questão não é mais tão relevante. As questões do PT são do PT, não devem atrasar ou obstaculizar o que está sendo construído em torno do ex-secretário (estadual de Desenvolvimento Econômico) Márcio Lacerda (PSB)", afirmou Aécio.O governador também descartou hoje uma aliança informal do PSDB com o PT nas eleições. "Esta é uma decisão do governador, mas isso sequer foi cogitado ou discutido comigo", afirmou. Ele minimizou a decisão do Diretório Nacional do PT, que vetou uma aliança formal do PT com o PSDB em Belo Horizonte. "Se o PT, ao final das suas decisões, resolver participar do processo, será muito bem-vindo. Senão, caberá a ele explicar à população de Belo Horizonte", disse.Aécio criticou a interferência da direção nacional do PT nas decisões no diretório municipal, que apóia a aliança formal com o PSDB. "O PT sempre foi um partido que aceitou a decisão das bases e deveria fazer isso em Belo Horizonte. Estamos construindo em Belo Horizonte algo grandioso que não será abalado ou destruído por uma visão míope de algumas pessoas que estão a centenas de quilômetros de BH e a milhares de milhas de distância da nossa realidade política e do nosso sentimento político."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.