Divulgação
Divulgação

Aécio acusa Dilma de 'mentir' em discurso contra impeachment

Presidente da sigla que apoio Eduardo Cunha até o mês passado acusa governo de aceitar barganhas

Gustavo Porto, O Estado de S.Paulo

03 de dezembro de 2015 | 11h27

Brasília - O senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG), afirmou nesta manhã, em entrevista ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, que a presidente Dilma Rousseff "errou" e "mentiu" no discurso feito nesta quarta-feira, 2, após o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), aceitar o pedido de impeachment contra ela.

"Dilma mente ao dizer que não aceita barganha em troca de votos, quando sabemos que seu governo articulou além dos limites os votos do Conselho de Ética, em troca de salvá-la do impeachment e apenas o PT que não quis pagar essa conta", disse o tucano, cuja sigla manteve o apoio a Cunha até novembro deste ano e não endossou a assinatura do pedido de cassação do peemedebista protocolado no Conselho de Ética pelo PSOL e pela Rede. "Mentiu, ao dizer que não cometeu crime. Cometeu, tanto que o Tribunal de Contas da União (TCU) rejeitou suas contas", completou o senador.

Aécio chamou o discurso da sua adversária na campanha presidencial de 2014 como "primeira defesa" e considerou como "falsa" a estratégia de polarizar o embate entre Dilma e Cunha, já que o presidente da Câmara só autorizou o processo de impeachment após o PT declarar voto no processo aberto contra ele no Conselho de Ética. "A estratégia é falsa e só interessa ao PT e com o tempo ficará claro que ela terá de responder pelas ilegalidades cometidas. O presidente Eduardo Cunha deixa de ser protagonista no momento em que se instala o processo de impeachment", afirmou.

Aécio participa neste momento da convenção nacional do Democratas que reelegeu como presidente o senador José Agripino (DEM-RN).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.