Advogados tentam libertar o Sombra no STF

Os advogados do empresário Sérgio Gomes da Silva, o Sombra, encaminharam hoje um pedido de habeas-corpus ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar livrá-lo da prisão e de uma ação criminal que tramita contra ele na Justiça paulista. Acusado de ser o mandante do assassinato do ex-prefeito de Santo André Celso Daniel, em janeiro de 2001, Sombra está preso preventivamente desde dezembro do ano passado, quando o Ministério Público denunciou-o por homicídio triplamente qualificado. De acordo com o MP, o empresário teria encomendado a morte de Celso Daniel para manter um suposto esquema de corrupção em Santo André. Antes de encaminhar o pedido ao STF, os advogados de Sombra tentaram conseguir a sua libertação na Justiça paulista e no Superior Tribunal de Justiça, mas não tiveram sucesso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.