Advogados de SP querem trabalhar sem gravata

Os advogados trabalhistas de São Paulo não querem mais usar terno e gravata nas audiências realizadas no verão. O pedido, encaminhado na sexta-feira pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP), está sendo apreciado pelo presidente do Tribunal Regional do Trabalho, Francisco Antônio de Oliveira. Segundo a Assessoria de Imprensa da Ordem, as instalações das 79 Varas Trabalhistas de São Paulo, distribuídas por cinco prédios da cidade, não possuem ventilação adequada nem aparelhos de ar-condicionado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.