Advogados de Mão Santa recorrem ao TSE

Os advogados do ex-governador do Piauí Francisco de Assis de Morais Souza (PMDB), o Mão Santa, encaminharam hoje recursos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra as decisões que garantiram a posse do novo governador Hugo Napoleão (PFL) no cargo.A defesa do ex-governador quer que o TSE determine a saída de Napoleão do governo e o retorno de Mão Santa ao posto, até que o tribunal julgue um recurso que questiona a cassação do mandato dele.Um dos advogados de Mão Santa, o ex-ministro do TSE Eduardo Alckmin, sustenta que houve omissão durante o julgamento que resultou na cassação do mandato do cliente. Alckmin espera que o TSE se manifeste nesta terça-feira sobre os pedidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.