Advogado diz que PCC divulgará manifesto na 5ªF

O Primeiro Comando da Capital (PPC), facção criminosa que comanda os presídios, deverá divulgar um manifesto na quinta-feira, em São Paulo, para entregar às autoridades estaduais e federais. A informação é do advogado Gerônimo Andrade, que defende presos na Capital e que esteve ontem na Penitenciária de Ribeirão Preto. Ele disse, em entrevista à EPTV Ribeirão (afiliada da TV Globo na região), que o manifesto será preparado por detentos da capital, mas não revelou o seu conteúdo. Segundo o diretor de plantão da penitenciária da cidade, Sérgio Tsutomu Watanabe, o advogado não entrou nas dependências da unidade. "Ele estava parado, do lado de fora, acompanhando as visitas aos presos e foi interpelado por nossos funcionários, que me avisaram sobre sua presença. Apenas isso", explicou Watanabe, que não viu Andrade. O advogado não defende detentos em Ribeirão Preto e ninguém mais o viu no local. Na cidade, existem três integrantes do PCC detidos. Por isso, a Polícia Militar (PM) reforçou a segurança da penitenciária com mais 50 homens no lado externo. As visitas na penitenciária da cidade ocorreram normalmente, sem problemas. Alguns parentes reclamaram da restrição de apenas um visitante por preso, mas não fizeram protestos. Araraquara - Em Araraquara, os detentos da penitenciária não receberam visitas, devido às depredações ocorridas há uma semana no prédio. Alimentos e roupas de parentes foram entregues aos presos, assim como ocorreu na Penitenciária 2 de Itirapina, também com proibição de visitas. Na penitenciária 1 de Itirapina, tudo ocorreu normalmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.