Advogado diz estar certo de que cliente será absolvido

Após o julgamento de ontem, o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, que defende o ministro Paulo Medina, disse ter certeza de que o seu cliente será inocentado ao final da ação criminal. "Temos tranqüilidade de que ele será absolvido", afirmou. "Foi importante que o STF tenha decidido que o ministro não faz parte de quadrilha nenhuma."O advogado fez questão de frisar que Medina não foi julgado e ontem o Supremo Tribunal Federal apenas decidiu abrir uma ação. "O que se decidiu foi que se deve apurar."Castro disse que Medina foi alvo de interceptação por seis meses, acrescentando que não foi encontrada nenhuma ligação com o esquema investigado.De acordo com o advogado, é um erro imputar um fato grave a alguém apenas porque é irmão de um suspeito - no caso, o advogado Virgílio Medina.Indagado pela reportagem se o ministro poderia conceder entrevista, Castro disse que não era possível. "Ele está doente. Não está em condições", afirmou. O advogado disse que não sabe se Medina voltará a integrar o Superior Tribunal de Justiça (STJ) se for inocentado, ao final do processo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.