Advogado de Viana pedirá observador no Acre

O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, contratado pelo governador do Acre, Jorge Viana, vai pedir para o presidente interino do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Sepúlveda Pertence, que envie ao Acre, como observador, o corregedor do TSE, ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira. O encontro de Castro com Pertence está previsto para ocorrer às 16h, no Supremo Tribunal Federal. Jorge Viana, que está no Hotel Blue Tree Park acompanhando a cúpula do PT, contou que no sábado conversou por telefone com o presidente Fernando Henrique Cardoso. Conforme seu relato, Fernando Henrique mostrou-se esperançoso de que vai dar certo a estratégia para reverter a decisão de impugnação de sua candidatura e teria ficado chocado ao ouvir a informação de que o advogado do ex-governador Flaviano Melo teria dito que preferia defender o crime organizado ao governador. Jorge Viana disse que não tem sofrido ameaças de morte, mas demonstrou preocupação com o que poderá ocorrer até o dia 30 de dezembro. Segundo ele, caso ganhe as eleições e seja assassinado, quem assumirá é o segundo colocado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.