Advogado de Nicolau tenta habeas corpus no STF

O advogado Alberto Zacharias Toron encaminhou hoje ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de habeas corpus, para tentar a revogação da prisão preventiva do juiz aposentado Nicolau dos Santos Neto, acusado de participar do desvio de R$ 169 milhões da obra do Fórum Trabalhista de São Paulo. O advogado alega que Nicolau tem 72 anos, saúde debilitada e que, nos últimos meses, perdeu quase 30 quilos. Toron também sustenta que a liberdade do juiz aposentado não representa a possibilidade de nova fuga e nem coloca em risco a ordem pública e a instrução criminal do caso. O advogado refere-se ao princípio constitucional da isonomia lembrando que o senador cassado Luiz Estevão, co-réu na ação penal, está solto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.