Advogado de ex-assessor da Casa Civil pede adiamento do depoimento à PF

Vinicius Castro é acusado de envolvimento em esquema de tráfico de influência

Agência Brasil,

27 de setembro de 2010 | 12h07

Brasília - O advogado Emiliano Aguiar, que defende o ex-assessor da Casa Civil Vinicius Castro, acusado de envolvimento em esquema de tráfico de influência, informou nesta segunda-feira, 27, que pediu o adiamento do depoimento de seu cliente para a próxima quarta-feira, 29, com o objetivo de analisar o inquérito. Aguiar disse que só conseguiu ter acesso aos autos nesta manhã.

 

A uma pergunta se seu cliente pretende colaborar com o inquérito, o advogado respondeu que ele está disposto a prestar informações à Polícia Federal (PF). Ele não confirmou, porém, se Vinicius Castro irá responder a todas as perguntas que a PF pretende fazer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.