Advogado de Dirceu se diz surpreso com decisão do STF

O advogado José Luiz Oliveira Lima, que defende o ex-ministro José Dirceu, disse que foi surpreendido com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de aceitar por nove votos a um a denúncia de formação de quadrilha contra o seu cliente, ex-chefe da Casa Civil. "O resultado surpreendeu porque eu e ele esperávamos o não recebimento da denúncia nesse tópico", afirmou Lima. Na avaliação do advogado, o julgamento foi técnico e não político. "Não concordo com a afirmação de que foi uma decisão política", afirmou. Ele disse que vai se encontrar ainda hoje com Dirceu para discutir os próximos passos da defesa. "No julgamento mais aprofundado e complexo ficará comprovado de forma cabal a inocência dele", afirmou. O advogado negou que Dirceu estava mais preocupado em não ser réu no processo por formação de quadrilha. Ele evitou responder se os dois processos contra o ex-ministro (formação de quadrilha e corrupção ativa) podem dificultar a campanha de anistia de Dirceu, que teve o mandato de deputado federal cassado em dezembro de 2005. "Não discuto essa questão."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.