Advogado de Arruda reafirma que renúncia está descartada

Nélio Machado teve uma reunião de três horas com seu cliente na Superintendência da Polícia Federal

Agência Brasil,

13 de março de 2010 | 21h17

O advogado Nélio Machado, do governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda, disse neste sábado, 13, que teve uma reunião de trabalho com seu cliente na Superintendência da Polícia Federal. A reunião durou quase três horas.

 

Veja Também

linkDurval faz acordo que pode atingir Roriz

linkAdvogado de Arruda denuncia delegado

 

Nélio Machado não quis falar muito, alegando questões de sigilo. Disse apenas que está analisando vários documentos e que a possibilidade de renúncia de Arruda está descartada. "Vou trabalhar em prol do restabelecimento do direito, da justiça e da verdade."

 

José Roberto Arruda está preso há um mês, acusado de suborno de testemunha. Arruda teria oferecido R$ 200 mil para que o jornalista Edson Sombra prestasse depoimento em seu favor no inquérito 650 do Superior Tribunal de Justiça.

 

O inquérito apura complexo esquema de corrupção no governo do Distrito Federal. O ex-secretário de Relações Institucionais do governo, Durval Barbosa, filmou Arruda e mais três deputados distritais recebendo dinheiro para favorecer empresas em votação de projetos e contratos com o governo.

Mais conteúdo sobre:
ArrudarenúnciaDFDEM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.