Administrador seqüestrado foi libertado em Campinas

Um administrador de empresas de 27 anos foi libertado na noite de sexta feira em Campinas. Ele estava em cativeiro havia 20 dias. A família que reside na cidade fez o pagamento do resgate. Esse foi o 13º seqüestro registrado esse ano na região de Campinas. Segundo um dos investigadores da Delegacia Especializada Anti Seqüestro (DEAS), de Campinas, o administrador de empresas passa bem apesar de estar muito abalado. O DEAS vinha acompanhando o caso desde o início, informa o investigador, que acrescenta que não há nenhum outro seqüestro em andamento na cidade. A polícia preferiu não dar mais detalhes para não atrapalhar os trabalhos de investigações que prosseguem nos próximos dias. O DEAS de Campinas abrange 90 cidades. Os municípios com maior ocorrência deste tipo de crime, além de Campinas, são Limeira, Americana, Amparo e Indaiatuba. Em abril duas pessoas foram libertadas após pagamento de resgate: uma empresária de Campinas e um estudante de 16 anos residente em Araras. Em junho, o corpo da aposentada Antonia Lima Moreira, 72 anos, de Limeira, foi localizado as margens da Rodovia D.Pedro 1º , km 127, em Campinas. Um casal está preso e não houve pagamento de resgate.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.