Administração estadual destaca critérios rígidos

O governo José Serra (PSDB) afirmou, por sua assessoria de imprensa, que o Estado tem critérios rígidos de análise das entidades capacitadas a receber recursos. Além de exigir registros oficiais das organizações e realizar triagem antecipada, o governo condiciona a liberação dos recursos à pertinência entre o que pede a instituição e o programa governamental da área.O governo citou o exemplo dos recursos destinados por deputados a essas entidades. ''''Das emendas encaminhadas pelos parlamentares, apenas 56% foram deferidas no ano de 2007. As demais 44% deixaram de ser atendidas, por não preencherem os requisitos básicos.''''A Casa Civil informou que a liberação de recursos só ocorre depois de detalhada análise nas contas das instituições. ''''Em caso de irregularidades, o dinheiro só é repassado depois de sanado o problema eventualmente encontrado''''.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.