Adiado depoimento de Palocci

A Polícia Federal confirmou que foi adiado o depoimento do ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci, marcado para as 10 horas desta sexta-feira. Segundo informação divulgada pela Assessoria de Imprensa da PF, um advogado do ex-ministro entrou em contato com o delegado Rodrigo Carneiro Gomes e comunicou que Palocci está com problemas de saúde. O delegado é encarregado do inquérito sobre a violação do sigilo bancário do caseiro Francenildo Santos Costa na Caixa Econômica Federal (CEF). Ele considera considera "decisivo" o depoimento do ex-ministro da Fazenda.O ex-ministro, fora do cargo desde segunda-feira, quando o então presidente da CEF, Jorge Mattoso, revelou à PF que violou o sigilo de Francenildo e entregou o extrato a Palocci, está com pressão alta e stress, de acordo com o comunicado do advogado. Assessoria da PF informou que ainda não foi definida nova data para o depoimento de Palocci, mas o advogado disse que, provavelmente, entre quarta-feira e quinta-feira da próxima semana, o ex-ministro estará em condições de prestar o depoimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.