Adiada votação sobre capital estrangeiro nas empresas jornalísticas

O presidente da Câmara, Aécio Neves, adiou para a próxima semana a votação, em segundo turno, da proposta de emenda constitucional (PEC), que permite a participação do capital estrangeiro nas empresas jornalísticas e de radiodifusão. Aécio pretende se concentrar na sessão de hoje na votação de duas medidas provisórias que estão trancando a pauta, que tratam do alongamento das dívidas dos produtores rurais e da contratação temporária para a substitutição de servidores públicos em greve, e na aprovação, em primeiro turno, de outra PEC que prorroga a vigência da CPMF. A inclusão na pauta de hoje da PEC do capital estrangeiro poderia dificultar a votação da PEC da CPMF, cujo atraso na tramitação implica em perda de arrecadação deste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.